prevenção de litígios

Saiba como o advogado pode atuar na prevenção de litígios!

Quem tem uma empresa deve sempre pensar na prevenção de litígios, já que eventual ação judicial pode afetar a saúde financeira do negócio e também a imagem da marca perante consumidores e fornecedores.

Uma assessoria jurídica é fundamental para prevenir uma empresa de sofrer demandas judiciais. Com profissionais capacitados e que conhecem como a lei é aplicada às empresas, é possível adotar várias estratégias para diminuir os litígios e os riscos ao seu negócio.

Ficou interessado no assunto? Então acompanhe este texto para saber melhor como um advogado pode ajudar a sua empresa!

O que são os litígios e quais seus impactos?

Os litígios são ações judiciais que, especialmente quando propostas contra empresas, geralmente se resultam de conflitos com consumidores ou fornecedores que chegam à justiça.

Normalmente, as ações judiciais propostas contra a empresa são provocadas por consumidores, fornecedores, ou pelos próprios funcionários e colaboradores e são ajuizadas com o objetivo de discutir cláusulas contratuais, obter indenizações morais e/ou materiais, em razão de um descumprimento de uma obrigação, ou, no caso de ações trabalhistas, tem por trás o questionamento de obrigações do empregador para com os seus funcionários e colaboradores.

Esses litígios trazem diversos custos para a empresa. Além da despesa com a sucumbência, ou seja, caso se perca a ação, pagando valores à outra parte e seu advogado, todo o procedimento também gera gastos, como custas judiciais, honorários de advogados e peritos, deslocamentos para audiências, entre outros.

Assim, a prevenção de litígios é fundamental para a saúde financeira do negócio, já que se terá menos despesas com essas demandas. Além disso, também é bom para a imagem da empresa, tendo em vista que os processos são públicos, e todos podem acessar os seus andamentos. Ter condenações judiciais no histórico nunca é bom, não é mesmo?

Como o advogado pode atuar na prevenção?

O advogado é o profissional ideal para atuar na prevenção de litígios, pois ele tem o conhecimento técnico da legislação e dos meios extrajudiciais possíveis para resolver conflitos antes que seja necessário recorrer à justiça. Listamos a seguir algumas formas para fazer isso.

Promover a conciliação

A primeira atitude do advogado ao se deparar com uma relação conflituosa é promover a conciliação, ou seja, um acordo entre as partes para que esse problema seja resolvido sem a necessidade de um processo judicial, que grande parte das vezes, acarreta mais despesas para a empresa.

A conciliação, nesses casos, é benéfica para todas as partes, tendo em vista que a solução do conflito se dará de forma mais rápida, menos desgastante e, ainda, menos onerosa.

Claro que o profissional buscará um acordo que seja vantajoso para a empresa, por isso ele avalia cada situação e verifica se há realmente a possibilidade de conciliar e qual seria o limite dessa possível negociação.

Direcionar a melhor estratégia

O profissional do direito especialista no atendimento empresarial, também direcionará a empresa para as melhores estratégias em relação a possíveis litígios. Como falamos, a conciliação é uma alternativa importante, mas nem sempre ela é vantajosa. Muitas vezes aquele que aciona o judiciário contra a empresa não tem nenhum direito, e a ação judicial, muito provavelmente, será favorável à empresa.

Com bons argumentos, é possível evitar a ação judicial e achar outras soluções. Porém, se ainda assim o litígio prosseguir, o advogado saberá a melhor forma de defender os interesses da empresa na justiça, evitando custos maiores.

Modificar procedimentos

Uma ótima forma para a prevenção de litígios é fazer uma vistoria nos processos utilizados pela empresa e modificar aqueles que podem trazer problemas ou estão causando reclamações dos clientes.

Isso é feito, principalmente, na área do direito do consumidor, adequando as políticas de troca e devolução, formas e prazos de pagamento e envio das mercadorias. No entanto, também é possível utilizar boas técnicas e estratégias nas negociações com fornecedores e parceiros comerciais.

Portanto, contratar uma assessoria jurídica empresarial é uma ótima forma de prevenção de litígios, redução de custos e riscos para a empresa. Deve ser encarado como um investimento, pois o retorno é garantido!

Ficou interessado nesse assunto? Então, entre em contato conosco para podermos auxiliá-lo e tirar outras dúvidas sobre a assessoria jurídica empresarial!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shares