treinamento em compliance

Treinamento em compliance: por que é tão importante oferecer para a equipe?

A maioria das empresas não conhece a importância de um treinamento em compliance. Embora o compliance não seja novidade em outros países, as empresas brasileiras ainda estão descobrindo a importância de investir em um área que trabalha para garantir o cumprimento das normas tanto internas quanto externas, por parte de todos os colaboradores.

Por isso, garantir que os colaboradores entendam o conceito e a importância de agir em conformidade com as leis é essencial para as empresas, principalmente aquelas que buscam que um crescimento saudável e organizado.

Por isso, confira o nosso post e entenda por que o treinamento em compliance é essencial para a sua equipe!

O que é compliance?

Saber o que é compliance é o primeiro passo para compreender a importância de aplicá-lo em sua empresa. Em linhas gerais, o compliance é o agir em conformidade com as regras e leis e desenvolver a cultura do negócio baseado em comportamentos éticos.

Planejar e seguir um programa de compliance interno é benéfico, já que atua na prevenção de problemas legais que podem acarretar prejuízos financeiros ou abalar a reputação da empresa.

Qual a importância do treinamento em compliance?

O capital humano é o recurso mais valioso que qualquer empresa tem. É por meio dele que as empresas funcionam e crescem. Por outro lado, se não houver o devido cuidado e os trabalhadores não forem escolhidos com cuidado, sem receber bons treinamentos, eles também podem ser responsáveis pela falência do negócio.

Logo, a criação e manutenção de um código de conduta que prevê atitudes éticas e que deixa claro o respeito pelas normas, independentemente de qual posição hierárquica o empregado ocupe, é necessário para que a empresa cresça de maneira estruturada e não se envolva em problemas que podem acarretar prejuízos financeiros ou desgastar a sua imagem.

Por isso, as empresas mais atentas já entenderam a lógica de mercado e têm investido cada vez mais na criação de um programa de compliance. Com isso, o objetivo é evitar o risco de perder anos de investimento e trabalho por causa da má conduta de um colaborador.

Como fazer um treinamento em compliance?

A melhor maneira de desenvolver um treinamento em compliance é manter uma comunicação interna aberta e franca, permitindo que os colaboradores participem do processo.

Ou seja, não adianta a empresa ter um código de conduta se o cumprimento dessas normas não é seguido no dia a dia. Também não adianta a redação de um bom manual, se os funcionários não se sentem valorizados em seu trabalho.

Por isso, é importante ter em mente que um programa de treinamento em compliance só vai atingir o seu objetivo se, além de bem estruturado, os colaboradores puderem enxergar os bons exemplos dados por quem ocupa cargos mais altos dentro da estrutura empresarial.

Outra dica essencial é: descomplique. Temos certeza de que os seus empregados têm bastante coisas para fazer no dia a dia. Logo, a informação precisa estar clara e de fácil acesso para que ele não leia aquele conjunto de regras e não consiga compreender facilmente o que ela quis dizer.

O manual de conduta, bem como outras regras internas e externas, devem estar, de preferência, na intranet da empresa. No caso de qualquer dúvida, basta acessar e fazer uma consulta rápida.

O treinamento em compliance também deve ser realizado por todos os funcionários, desde os que já têm bastante tempo de casa até as novas contratações. Portanto, a melhor maneira de fazer isso é manter o treinamento online. Elabore um curso didático e dinâmico, com exemplos claros e fáceis, com um questionário no final para garantir o comprometimento de todos.

Dessa maneira, a área de compliance consegue ter maior controle em relação a quem fez o treinamento, quanto tempo levou e qual foi o seu desempenho na prova. Também é mais fácil para realizar qualquer ajuste, quando for necessário. Além disso, não há a necessidade de criar turmas, por exemplo, ou deslocar algum profissional para fazer ministrar o treinamento.

Qual a importância de contar com uma assessoria jurídica em compliance?

O compliance não diz respeito apenas ao código de conduta da empresa e o monitoramento das ações também leva em consideração questões que envolvem direito do trabalho, ambiental, civil e preceitos sobre livre mercado, prevenção à corrupção e fraudes corporativas.

Logo, uma assessoria jurídica especializada é capaz de prestar um serviço contínuo dentro das das empresas, a fim de trabalhar na prevenção de riscos e minimizar os dados tanto financeiros quanto de imagem. Um negócio bem visto pelo público, aumenta o seu valor de mercado e melhora o seu posicionamento perante os consumidores.

Os profissionais especializados também contam com maior conhecimento para a criação e monitoração do treinamento em compliance, com o intuito de repassar todas as informações tidas como importantes e essenciais para os empregados.

Quer saber mais sobre o assunto? Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas!

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shares