relatórios gerenciais

Conheça 4 principais relatórios gerenciais que uma empresa deve ter

O desenvolvimento das empresas e aumento da competitividade exige dos gestores maior organização e versatilidade para a obtenção de sucesso no mundo corporativo. Desse modo, o desenvolvimento dos chamados relatórios gerenciais passa a se tornar uma ferramenta indispensável aos empresários.

Esse tipo de documento tem como principal objetivo acompanhar a evolução de determinados setores e projetos dentro de uma instituição. Por meio deles, o gestor identifica tanto as operações que vêm sendo eficazes e devem ser mantidas, quanto aquelas ruinosas, que tendem a ser interrompidas. Além disso, eles facilitam a tomada de decisões, pois apresentam fundamentos para as tornarem mais eficientes.

Ficou curioso para saber quais são os principais relatórios gerenciais dentro da empresa? Então, continue a leitura. Vamos mostrar quatro deles para você.

1. Financeiro

Esse é um dos relatórios gerenciais de maior importância no âmbito empresarial. Por meio dessa ferramenta, o gestor recebe um balanço das finanças da empresa e que tipos de operações monetárias têm gerado lucro ou prejuízo.

Uma das espécies de relatório gerencial financeiro é o chamado fluxo de caixa. Nele são detalhados de forma minuciosa todos os valores que entraram e saíram dos cofres da instituição em determinado período. De acordo com os dados apresentados, o empresário consegue desenvolver estratégias voltadas ao crescimento do negócio.

Os relatórios gerenciais financeiros tornam a gestão mais transparente e demonstram contas a pagar, despesas atuais, receitas, pagamentos agendados, dentre outros.

2. Vendas

No âmbito dos relatórios gerenciais, o de vendas será o responsável por demonstrar aos gestores a curva de incidência no tocante às vendas da empresa. Ele é responsável por identificar períodos de sazonalidade e preparar a equipe para lidar com eles nos anos seguintes. Eles também indicam os produtos de maior saída e aqueles preferidos pelos clientes.

Com essa ferramenta, o gestor potencializa o seu controle de estoque e passa a fazer pedidos mais eficientes aos fornecedores. Desse modo, é possível potencializar os lucros da empresa de modo inteligente.

3. Produtividade

Uma empresa que almeja o crescimento e o destaque no seu ramo mercadológico necessita estar com a produtividade em alta. Qualquer queda na produção tem obrigação de ser identificada de modo rápido e eficaz. Além disso, devem ser identificados setores que potencializaram a produção e aqueles responsáveis pela sua queda.

As funções dos relatórios gerenciais de produtividade, portanto, são alinhar a produtividade da empresa às exigências mercadológicas, não permitindo que esteja abaixo da concorrência. Com eles, o gestor direciona facilmente suas ações aos pontos que levam ao aumento da produção da empresa ou corrige falhas que estejam influindo de forma negativa nos números.

4. Contábeis

Por fim, demonstraremos o relatório gerencial contábil. Ele é responsável por trazer informes sobre os demonstrativos contábeis e acompanhar se os impostos da empresa são cumpridos de forma correta, evitando problemas junto ao Fisco.

Ele também identifica dados importantes com relação à administração financeira do negócio e, aliado aos relatórios gerenciais financeiros, ocupam um lugar central no desenvolvimento de qualquer empresa, pois se mostram determinantes no giro de estoque e inspeção de gastos.

É essencial que os relatórios gerenciais da empresa sejam bem desenvolvidos e com informações precisas. Dessa maneira, observam-se benefícios como:

  • identificação efetiva de pontos a serem corrigidos;
  • otimização do trabalho dos setores empresariais;
  • aumento da produtividade;
  • facilitação do trabalho dos gestores;
  • potencialização dos lucros etc.

Portanto, os relatórios gerenciais se revelam indispensáveis para o sucesso de uma empresa. Essa ferramenta organiza a administração de modo geral e auxilia em todas as atividades primordiais da instituição. Assim, trazem informações claras e objetivas e otimizam a produtividade, bem como os ganhos.

Gostou de conhecer os principais relatórios gerenciais e saber a importância desse instrumento dentro da empresa? Então, deixe um comentário neste post e compartilhe sua opinião conosco e com outros leitores.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

shares